quarta-feira, 5 de julho de 2017

POR QUE NÃO DENUNCIOU?

Clique para ampliar

Ontem chegou até mim no Twitter este quadrinho fantástico do cartunista chileno Guillermo Galindo, mais conhecido como MalaImagen
Em espanhol (clique para ampliar)
Traduzi e pedi para um leitor antigo e querido colocar o português nos balões, e ei-lo. 
Acredito que muitas mulheres que passaram por qualquer tipo de violência vão se identificar. Nós feministas somos constantemente chamadas de vitimistas e linchadoras quando denunciamos a violência sofrida por mulheres. 
Se você denuncia, você está errada. Se você não denuncia, você também está errada. A pergunta "Por que você não denunciou?" é apenas uma das táticas de culpar a vítima. Equivale a tirar o foco do agressor (ele sim o culpado) e jogá-lo na vítima. 
Por que não denunciou antes? Bom, quem disse que não denunciou? (como mostra o quadrinho do MalaImagen, ou este, da incrível Maira Colares, que vai pelo mesmo caminho). Nós denunciamos, mas muita gente não acredita, nos xinga, diz que estamos inventando, vem com perguntas como "Mas o que você fez para merecer isso?", nos trata como criminosas. 
E quando denunciamos mas não temos como provar a denúncia? (e não conseguir provar não quer dizer que não aconteceu). Aí o agressor pode processar a vítima e/ou a feminista que denuncia. Isso acontece com frequência cada vez maior. É a criminalização dos movimentos sociais.
Estou sendo processada por ter dado voz a uma denúncia, quase 3 anos atrás. O sujeito está pedindo a quantia exorbitante -- sério, nunca vi pedirem isso de uma professora (de uma feminista, então, nem se fala) -- de 300 mil reais de indenização. Não posso falar muito, porque, pra piorar, o caso está em segredo de justiça. E também porque não conheço os detalhes, pois ainda não recebi a ação. 
Pra quem pode ajudar, tenho duas contas (uma no Banco do Brasil, agência 3653-6, conta 32853-7; outra no Santander, agência 3508, conta 010772760), e o PayPal aí do lado. Os processos ainda vão longe, imagino, mas agradeço desde já.
É meu terceiro processo na vida. Os outros dois são de mascus, misóginos que eu (e muitas outras pessoas) denunciei. E me orgulho de ter ajudado a colocar na cadeia dois caras que defendiam estupro e pedofilia e ameaçavam (por que no passado?) mulheres e negros e pessoas LGBT e prometiam atentados a uma universidade pública.
Eu sou uma pessoa ética, que nunca mente, que nunca cometeu crime algum. Quem erra é quem me processa. Me processam simplesmente porque eu os denunciei.
Quando vejo o quadrinho do MalaImagen, os processos me vem à mente, principalmente esse último. Por que não denunciamos, não é mesmo?

29 comentários:

Anônimo disse...

claro q é recomendado denunciar, ainda mais se vc tiver provas ou testemunhas

mas a decisão sobre isso é inteira responsabilidade da vítima

ng tem o direito de forçá-la a nada, seja pra denunciar ou pra não denunciar

Anônimo disse...

"Nossaa, que genial"

SÓQUENÃO!!

Todo mundo é inocente até que se prove o contrário
É dificil de entender?

- "Lola recebeu 1 milhao de dinheiro publico!! Prendam a Lola"

- "Eu nao recebi dinheiro publico coisa nenhuma"

- "Recebeu sim!! F***-se
Prendam a Lola!!"

É assim q funciona??

NAO NE

Anônimo disse...

Anônimo 13:24

Só na sua cabeça mesmo que isso vai acontecer, covarde do jeito que vc é.
A Lola não tem culpa do tamanho desavantajado do seu pau, e bater numa mulher não vai fazê-lo crescer.

Anônimo disse...

O único lixo aqui é você! E só é "macho" pra agredir mulher e ainda mais atrás de um computador, não é covardao de pinto pequeno? Quando um homem de verdade quer briga na vida real ele sai correndo com o rabinho entre as pernas. Esse teu machismo aí é devido ao cérebro pequeno e a falta de xibiu porque mulher nenhuma quer transar contigo por você ser ruim de cama e ter o pinto pequeno. Mascu lixoso!

titia disse...

E claro que os primeiros comentários tem que ser dos defensores de bandido, né? Incrível! Essa corja simplesmente não perde a chance.

Bom, deixa eu fazer jus ao meu nome, numa última chance pra esses poríferos.

Como NÃO tratar a vítima:

Mulher: Fui estuprada!

Delegado: O que você estava vestindo? Qual a cor do seu batom? O que estava fazendo naquele lugar àquela hora? Quantos centímetros tinha da sua saia até o joelho? Qual era a cor da sua calcinha? Estava querendo, né vadia? Fez alguma coisa pra merecer, tava pedindo!

Aí amassa o boletim de ocorrência e joga fora resmungando que a vadia o fez perder tempo e vai pra casa se encher de cachaça.

Como tratar a vítima:

Mulher: Fui estuprada!

Delegado: Muito bem, madame, preciso lhe fazer umas perguntas. Você viu o rosto dele? Onde exatamente ele a abordou? Conhece o meliante? Ele falou alguma coisa? Pode por favor ir ao IML fazer o corpo de delito?

E depois disso é só investigar a sério. Interrogar o acusado, procurar pistas, fazer exame de DNA, procurar testemunhas, etc.

Entenderam, invertebrados? Se não, façam o favor de ir até uma clínica e pedir pela eutanásia, porque vocês não tem mais jeito. Nem vai contar como suicídio, afinal sem cérebro não há personalidade humana.

titia disse...

14:17 se eu estivesse inventando o estupro não seria tão subnotificado. E embora nada me agrade mais do que ficar lendo o que você bosteja pelos dedos até o sol morrer, tenho milhares de coisas mais interessantes pra fazer do que dar atenção pra surto de mascu histérico. Vá lavar a louça e passe bem mal.

titia disse...

14:49 deixa eu recortar e colar aqui o comentário que fiz em resposta a outro mascu reclamão:

Eu apenas falo enquanto vocês agem de fato pra causar mortes de mulheres e crianças. Mulheres, apenas porque elas se atreveram a fazer sexo; crianças porque, depois que nasceram pra punir a vagabunda, não servem pra nada e podem sofrer e morrer.

Então, você vê, eu sou realmente bem moderada. Só o que eu mato são os egos e as ilusões de vocês.

Vocês matam pessoas. Pessoas de verdade, que pensam e sentem, não punhadinhos de células que nem tem consciência de que existem.

Claro, isso é a respeito de aborto, mas a essência é a mesma: eu não assedio nem espanco nem ameaço nem estupro nem mato homens. Você e sua corja de perdedores não só agem assim como incentivam outros misóginos de merda a fazer isso e louvam os que fazem. Você e a sua turminha agem de forma a causar mortes; eu somente falo, esmago e destruo seus egos e faço suas bolas doerem sem realmente assediar, agredir, estuprar ou matar homens.

E a Lola não difama ninguém. O que ela faz é dar print nas patetices e atrocidades que vocês escrevem nos seus fóruns e postar aqui pra toda a internet ver o quanto vocês são babacas, patéticos e escrotos. Vocês odeiam a Lola porque ela mostra a quem quiser ver exatamente o quão bostas vocês são. Mal aí, mascu fodido, mas derrubar máscara de misógino abusador e assassino não é crime, difamação nem injúria viu? Não cabe processo no caso. Vocês apenas vão perder tempo e ser ridicularizados pela internet inteira.

Anônimo disse...

É por isso que não concordo com os "direitos dos manos", pois da mesma forma que as pessoas "marginalizadas" cometem crime em virtude de sua condição perante a sociedade, ou seja, "são vítimas de uma sociedade", os homens machistas deveriam ser defendidos por tais defensores dos direitos dos manos, uma vez que são vítimas da sociedade machista, pois são ensinados a serem como tal desde a infância, são forçados a serem machistas nessa cultura. Se da mesma forma que o encarceiramento não resolve o problema da marginalidade, então não resolve o problema do machismo.

Anônimo disse...

Bem, para a pessoa denunciar crime contra alguém tem de ter provas, senão configura calúnia, está na lei.

Se tiver provas, não configura calúnia, nem há de se falar em reparação civil. A demonstração da prova, pela lei, exclui a tipicidade do crime.

Lola, fique tranquila. Se você não tiver acusado alguém sem provas, não há nada a temer.

Mila disse...

O correto é denunciar sempre. Mas também ter empatia com quem não faz isso.
A Internet, infelizmente, também contribui para esse silenciamento com fakes, trolls e destruidores de reputação.
Uma mulher denunciar um estupro é pedir para ter sua vida virada de ponta de cabeça e que sejam criadas uma série de mentiras. Quem fica confortável de ver na Internet pessoas difamando alguém que você conhece com base em achismo e broderagem?
Essa é uma estratégia usada para nos calar e é urgente que tenhamos meios de reagir.

Anônimo disse...

Menos mimimi, mais trabalho.

Só Bolsomito salva esse país da ditatura do politicamente correto.

Não posso esperar o momento de gritar Mito, Mito, Mito, com meu braco direito estendido, exatamente como Plínio Salgado previu.

Felipe Roberto Martins disse...

Muito obrigado Lola.

Confesso que - às vezes - a gente que luta fica cansado, esta país tem uma cultura corruptora que muda, mas lentamente...

É como tem hora que o certo é o errado e o errado é o certo, isto define bem, parte desta cultura corruptora do país...

Temos que continuar a batalhar por uma sociedade mais justa e humana, como cidadãos e seres humanos, devemos e podemos.

:).

Anônimo disse...

E aí Lola pede dinheiro para o PT sua esquerdamarxista

Anônimo disse...

Mas um imbecil sem cérebro e incapaz de fazer um comentário útil

Anônimo disse...

O fato dela está pedindo contribuição dos leitores do blog mostra que ela não recebe dinheiro do PT, anencéfalo falador de merda.

Anônimo disse...

Segredo de justiça?

Já divulgaram quem é e quanto está pedindo há mais de uma semana no chan mascu

Felipe Roberto Martins disse...

Boa noite!

Indico este vídeo pessoal:
https://www.youtube.com/watch?v=zFRww4gkyw0

Fala sobre o Totalitarismo no cotidiano da gente, do Canal "Casa do Saber".

:).

Anônimo disse...

Mas nem saiu sentença e ela já quer ajuda financeira??? Como ela mesmo disse, o processo leva anos...pra que passar número de conta pra depositar dinheiro? Se ela tem tanta certeza de sua honestidade, ética e blá blá q ela disse no final...pra que arrecadar grana? Ah vá!

Anônimo disse...

Agora os imbecis ancapeteens e bolsominions estão vindo fazer spam aqui? Já não bastam as surras argumentativas que levam no Facebook.
Vão trabalhar. Desperdício de tempo que poderiam estar empreendendo e atrás do seu primeiro milhão.

Anônimo disse...

Por que apagar as mensagens que mostram pesquisas sobre violência praticada por mulher ser maior que praticada por homem? Deixe as mensagens para corroborar o quão falacioso é o feminismo!

Anônimo disse...

16:40 pq é mentira

Anônimo disse...

Porque são mentirosas, anônimo 6 de julho de 2017 16:40, uma pesquisa verdadeira é que homens sofrem mais violência do que mulheres, mas em geral essa violência é do homens contra eles mesmos. Casos de violência doméstica em geral são dos homens contra as mulheres e os estupros são principalmente realizados contra mulheres pelos homens. Mulheres "estupradoras" estão em número bem menor.

Anônimo disse...

Muita cara-de-pau pedir doação enquanto fica viajando por aí.

lola aronovich disse...

Por quê? Eu devo parar de viver enquanto respondo processo que pode durar anos? Não posso viajar? Não posso pedir contribuições a leitoras e leitores? Tem várias pessoas que querem ajudar. Que doam pro blog de qualquer jeito, independente de processo, pois apreciam meu esforço em manter um blog, apesar de todo meu trabalho (que não é o blog). Boa parte dos blogs não recebe nada de canto nenhum (caso deste bloguinho) e, portanto, pede contribuições do leitorado. Contribui quem quer e quem pode. É bem simples. Não tem cara de pau nenhuma envolvida. O que acontece é gente que odeia o blog vir aqui me xingar por pedir doações e xingar quem doa (e tem uns que nem vêm aqui, mas fazem CAMPANHAS para que ninguém doe pro meu blog). Querem o quê? Nada de mais: só me silenciar, pra variar.

Anônimo disse...

O problema não é "criminalizar os movimentos sociais" e sim fazer valer a lei na forma que ela existe.

Antes de "botar a boca no trombone" e se espantar com o Mister Processinho chegando, é bom que a pessoa esteja informada das implicações de uma denúncia sem respaldo. A "denúncia" pode virar calúnia e/ou injúria e/ou difamação, dependendo do caso e o Google explica didaticamente cada uma dessas hipóteses. Então não tem desculpa, é só procurar.

Existe sim muita gente mal intencionada usando o aparelho judiciário para vingança, porém é fato que a pessoa processada de algum modo ensejou a ação contra si.

Conheçam o caso de Natacha Orestes:

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/10/1698267-mulheres-sao-processadas-apos-denunciarem-estupros.shtml

O brasileiro aprendeu a judicializar essas questões e a tendência é ficar cada vez mais comum. Então que cada um tenha em si a responsabilidade de buscar a informação necessária antes de soltar o verbo nas redes sociais para não acabar acuando ainda mais as vítimas de situações semelhantes e favorecendo, até mesmo premiando, agressores, estupradores e bandidos de toda sorte.

Existe prazo pra se fazer denúncias. Findo, pode virar injúria e/ou calúnia e/ou difamação.

Anônimo disse...

"Segredo de justiça?

Já divulgaram quem é e quanto está pedindo há mais de uma semana no chan mascu "

Alguém precisa fazer uma ata notarial disso para ser informado ao Juízo

titia disse...

Meu Deus, a mascuzada simplesmente não consegue parar de chorar, né? A Lola pede doações porque, ao contrário desses indivíduos, trabalha e paga contas sem contar com a mamãe pra sustentar. Desde MUITO antes da turminha de perdedores tentar em vão calar a Lola com um processo que não vai pra frente, mas opa, agora que ela está sendo processada é hipocrisia, ela tem que perder dinheiro e ficar no preju!

Esses mascus, chegaram agora e já querem sentar na janela...

Dara Keon disse...

Depende. Se você for de uma minoria, é assim que funciona. Procura sobre Rafael Braga.

MPBGames disse...

Lola, minha irmã quase foi agredida pelo namorado doente dela, ele sendo um ciumento maluco, queria olhar o Notebook dela, mas ela n deixou, então ele pegou o notebook dela é quebro jogando no chão, é colo ela é fotografa, ela precisava de um computador para editar as fotos, ai emprestei o meu pra ela, é depois desse episódio, ela quer separar dele, mas ele é um maníaco q nunca houviu um não na vida, principalmente pq é um riquinho filhinho de papai, ai sempre que minha irmã vem aqui em casa pra ficar, ele vem atrás e se faz de coitado pra minha mãe, que sempre acaba acreditando nele, coisa q cmg e o meu irmão n funciona, ele tbm vai aonde ela está quando sai de casa, como a vez q ela foi tomar chopp com as amigas, é ele tentou obrigar ela a voltar com ele pra outra cidade, onde eles moram(já voltaram, é agora ela quer terminar de novo) o que ela faz pra espantar esse cara? É n adianta dizer que arrumou outro, ele é um maluko